segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Mãe do Advogado Mateus, SANDRA visita a radio tropical FM, na ultima Sexta-Feira 10.


Tabela Base Intermunicipal 2018 de Futebol Maranhense.






UEMA prorroga inscrições para o PAES 2019.


Inscrições podem ser feitas até o dia 17 de agosto. São 4.249 vagas em 108 cursos para o ano de 2019, sendo 645 destinadas à UemaSul.



A Universidade Estadual do Maranhão prorrogou o período para inscrição no Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (PAES 2019). O Paes seleciona candidatos em cursos de graduação para o primeiro e o segundo semestres do ano de 2019 na UEMA e UemaSul.

Para se inscrever é preciso acessar a aba ‘PAES 2019’ no site do PAES até o dia 17 de agosto. A taxa de inscrição é de R$ 85. São 4.249 vagas em 108 cursos para o ano de 2019, sendo que 645 são destinadas à UemaSul.

Poderá se inscrever o candidato que concluiu integralmente ou esteja cursando o 3º ano do ensino médio em 2018. A primeira etapa do vestibular acontece no dia 21 de outubro e a segunda etapa no dia 25 de novembro. Mais detalhes estão disponíveis no edital.

As provas do PAES acontecerão nos campi da UEMA de São Luís, Caxias, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Zé Doca, Itapecuru – Mirim, Colinas, São João dos Patos, Barra do Corda, Codó, Coelho Neto, Pinheiro, Presidente Dutra, Pedreiras, Coroatá, São Bento. Nos campi da UemaSul as provas acontecerão em Imperatriz e Açailândia.


REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.

Aluna com deficiência auditiva é reprovada no Campus do IFMA de Bacabal por falta de intérprete.


A estudante Rayane Raquel Silveira, do curso superior em Tecnologia de Alimentos, no Campus do IFMA em Bacabal, está sendo prejudicada por falta de um intérprete nas aulas. Ela é deficiente auditiva e passou no Enem sem auxílio de cotas para deficientes, sendo matriculada no dia 05 de março deste ano.



Segundo denúncia de Maria de Fátima, mãe da estudante, em contato com o blog, Rayane foi reprovada no 1º período e poderá fazer rematrícula em apenas uma disciplina.

O descaso já foi denunciado ao Ministério Público, mas não houve nenhuma iniciativa no sentido de fazer com que o IFMA resolva o problema de contratação de intérprete.

Confira o desabafo da mãe da estudante.

Minha filha Rayane Raquel Silveira de Oliveira é deficiente auditiva bilateral. Passou no Enem sem auxílio de cotas para deficientes e foi matriculada dia 05.03.2018 no curso superior em tecnologia de alimentos, campus Ifma Bacabal/MA, onde foi especificado a necessidade de um intérprete nas aulas. Em espera desde então a mesma foi reprovada no 1º período,  podendo fazer rematrícula apenas em uma disciplina.

Quero aqui deixar a minha indignação, como mãe, pelo descaso da instituição em resolver o problema da aluna, já que educação especial e um direito que lhe assiste, conforme lei da inclusão, sendo a única surda académica na cidade de Bacaba/MA.

Tentamos contato com ouvidoria do IFMA sem sucesso. Abrimos denúncia no Ministério Público Federal e nada.

A mesma continua frequentando as aulas normalmente, na espera de uma solução por parte do IFMA.

Maria de Fátima 
(99)98129-9880


REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.

Tragédia no Dia dos Pais: Irmãos morrem afogados no Araçagy; escola divulga nota de pesar.


Os dois irmãos estavam comemorando do Dia dos Pais e resolveram dar um mergulho com amigos. Eles moravam no bairro Janaína, na região da Cidade Operária, em São Luís.



Os irmãos Mauro Gabriel da Silva Pires, de 13 anos, e Philip da Silva Pires, de 14 anos de idade, se afogaram na praia do Araçagy, em São José de Ribamar, na região metropolitana de São Luís. O caso aconteceu no início da tarde deste domingo (12).

O Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de Mauro Gabriel por volta das 14h03, ainda com sinais vitais. Ele passou por manobras de reanimação cardíaca, mas acabou morrendo.



Philip da Silva tentou salvar seu irmão e terminou se afogando, após ser arrastado pela correnteza.

Os trabalhos de busca e resgate foram feitos por Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Corpo de Bombeiros e do Centro Tático Aéreo. Até o momento, o corpo de Philip Pires não foi encontrado. As causas para o afogamento ainda estão sendo investigadas.



Os irmãos residiam Rua Sanclair de Lima, nas proximidades do ponto final de ônibus do bairro Janaína, na região da Cidade Operária. Os adolescentes estavam com os pais, comemorando o Dia dos Pais na praia e resolveram se afastar para banhar.

Philip da Silva Pires era aluno no 9º ano do Centro de Ensino Maria José Aragão, na Cidade Operária.

O pai dos adolescentes, identificado como Mauro, trabalha como montador de móveis nas Lojas Sharlom, em São Luís.

Confira a nota de pesar divulgada pela escola.






REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.

Idoso é preso após estuprar menino de quatro anos em Imperatriz.


A criança foi levada ao hospital, onde foi constatada a violência. Antenor Pereira de Sousa foi preso na rua Principal do Parque Alvorada 2, em Imperatriz.



A polícia prendeu, no sábado (11), Antenor Pereira de Sousa, de 66 anos, acusado de estupro de vulnerável, na cidade de Imperatriz.

Segundo a polícia, o homem teria abusado sexualmente de um garoto de quatro anos, sendo que a criança foi levada ao hospital onde foi constatada a violência.

Antenor Pereira de Sousa foi preso na Rua Principal do Parque Alvorada 2, em Imperatriz.


REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.

Preso padrasto acusado de estuprar enteada de nove anos em Imperatriz.

A mãe da vítima descobriu o crime após ver as imagens do estupro no celular do companheiro.
  


Um homem, identificado como Paulo Campelo Mendes, foi preso na noite de sábado (11) acusado de estuprar a enteada de 9 anos e ainda filmar o ato criminoso.

Segundo informações da polícia, o homem foi preso após a mãe da menina ver no celular do companheiro imagens do mesmo fazendo relação sexual com sua filha de 9 anos.

Ao ver as imagens, a mãe da vítima correu para o meio da rua pedindo socorro. A polícia foi acionada e conseguiu prender Paulo Campelo Mendes na Rua A do Residencial Sebastião Regis, em Imperatriz.

Ainda de acordo com informações policiais, a mãe da vítima já tinha levado a filha ao hospital, pois a menina apresentava problemas no órgão genital. Em depoimento, a criança contou que o padrasto ameaçava ela e a mãe de morte, caso contasse para alguém os abusos que sofria.


REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.