terça-feira, 15 de setembro de 2015

Moradores do Bairro São Francisco em SLP reclamam das sujeiras e depredações na área em torno da Igreja Católica.



Em razão de pior matéria empreendida pelo nosso blog para nos certificarmos de como está o ambiente onde acontecerá a segunda maior festa católica da de Santa Luzia do Paruá, fizemos uma série de registros fotográficos nas proximidades da Igreja São Francisco, no Bairro São Francisco, o mesmo local em que será sediado entre os dias 26 de setembro e 04 de outubro, mais uma das tradicionais novenas em homenagem ao "santinho de Assis", São Francisco.
No local, nos deparamos com funcionários da prefeitura preparando o terreno que fica em frente a igreja para adicionar apenas uma parte de todo o piso que foi retirado para uma reforma que nunca aconteceu, sendo que o que restou foi um cenário de verdadeira destruição.
Um dos moradores conduz um carrinho de mão com galões cheios de água

O paliativo da prefeitura, este mostrado em fotos, foi uma promessa que já tem um ano de validade. Isso por que no ano passado a comunidade católica local ameaçava fazer um mutirão para providenciar mão de obras e materiais de construção a fim de fazer o piso por conta própria. Impedidos, os "beatos" tiveram que se conformar com uma praça sem o piso no local em que as missas aconteciam. 

Como toda esta história iria voltar à tona mais uma vez, a secretaria de obras resolveu agir! Mesmo assim, há outros problemas com os quais a comunidade convive, um deles é a sujeira generalizada no entorno de toda a Praça São Francisco, na Escola Carlindo Alves e próximo a caixa d'água, para onde muitas famílias se deslocam por falta de um abastecimento regular até mesmo em ruas próximas.  



Reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário