terça-feira, 29 de setembro de 2015

Prisão de ex-prefeita era aguardada pela população de Bom Jardim, MA

Crianças são liberadas mais cedo, por falta de merenda em BOM JARDIM.
A notícia sobre a prisão da ex-prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva, era bastante aguardada pela população do município quase 40 mil habitantes. Depois de passar 39 dias foragida da Justiça, ela se apresentou na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF), em São Luís, nessa segunda-feira (28).
Até o fim da tarde, muita gente ainda não sabia da notícia. A prisão da ex-prefeita aumentou a esperança de que as investigações terão continuidade e os culpados serão punidos.
 
O escândalo ganhou destaque na imprensa internacional. “Já estava uma situação constrangedora. O município toda hora em fatos nacionais, em jornais, revistas. Tudo pelo lado negativo. O que a gente espera é que, agora, o município caminhe, trilhe, já que a educação, saúde, todas as áreas, na verdade, estão um verdadeiro desastre. Não está funcionando nada”, afirma o professor, Rogério Martins, morador de Bom Jardim.
Agora, a população espera que os recursos públicos sejam bem utilizados. “O que a gente espera é que a Justiça faça a sua parte e que Bom Jardim possa crescer. Nós já estamos cansados de sofrer. As crianças, principalmente”, diz a professora Elizângela Rodrigues.
“Eu acho que a Justiça é para isso, né? É para fazer justiça onde merece, onde precisa. E se eles são culpados, eles têm que pagar”, defende a aposentada Maria da Penha Sousa.
Além do Ministério Público, a Câmara Municipal de Bom Jardim também formalizou denúncias contra a ex-prefeita Lidiane Leite. “A Câmara é obrigada a acompanhar. A gente vê que nosso município tem uma insegurança muito grande em relação à saída e entrada de prefeitos”, explica o vereador Marconi Mendes.



Reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário