sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Santa Luzia do Paruá: Réu é condenado a regime semiaberto em Júri Popular 14 anos depois.

Parte Interna Câmara Municipal de SLP
O Júri teve inicio por volta de 9:30h da manhã,e foi comandado pelo Juiz da Comarca Dr. Rodrigo Costa Nina e sua equipe. Tudo ocorreu com tranquilidade.

Reinaldo de Jesus Galvão, 52 anos, foi condenado a 4 anos de prisão em regime semiaberto, pelo o Júri Popular realizado nesta quinta-feira (24), no Plenário da Câmara Municipal de Santa Luzia do Paruá.

A Câmara  estava lotada por populares que vieram principalmente do povoado de Três Irmãos onde reside parte dos familiares da vitima, para assistir os trabalhos que terminou as 20:00h. Ao final foi lida a sentença. O crime aconteceu em 2001, e de acordo com o que consta nos Autos do Processo, teria sido motivado por desentendimentos ocasionado por acusações de roubo de gado, nas proximidades do distrito de Paruá.

 Reinaldo de Jesus matou a tiros o senhor Moacir Mendes e fugiu. Durante todo esse tempo ninguém sabia seu paradeiro. Há pouco tempo Reinaldo em um desentendimento de família em Brasília, onde residia, foi denunciado acusado de infringir a Lei Maria da Penha. Durante as investigações, a Policia descobriu também, que ele era procurado pela Justiça do Maranhão, e foi encaminhado para ser julgado em Santa Luzia do Paruá, onde praticou o crime. 

O Júri foi marcado pela presença de um grande número de pessoas
Câmara Municipal de SLP.
 
 
Fonte. Chico da Voz

Nenhum comentário:

Postar um comentário