quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Colisão entre metrô e trem em Teresina deixa dois mortos e um ferido


Metrô colidiu na traseira de um trem de carga próximo à Av. Higino Cunha.
Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Samu foram acionadas.
Ellyo Teixeira e Pedro Santiago
Uma colisão entre o metrô de Teresina e um trem de cargas deixou pelo menos duas pessoas mortas e uma ferida nesta quarta-feira (11). As causas do acidente, que ocorreu próximo à passagem de nível da Avenida Higino Cunha, na Zona Sul da capital, ainda não foram divulgadas.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, um homem morreu logo após o choque e um segundo ainda permaneceu vivo por algum tempo, mas preso nas ferragens. Socorristas do Samu esperavam pelo resgate da vítima presa, mas ela não resistiu aos ferimentos e faleceu.
Segundo Romualdo Henrique de Araújo, supervisor da Companhia Metropolitana de Transportes Públicos (CMTP), responsável pelo metrô, os mortos são Gilvan Alves Feitosa, maquinista que estava no metrô, e Gilvan Campelo, que trabalhava no trem de cargas. Ainda de acordo com o supervisor, a vítima ferida teria conseguido pular antes da colisão. Ele foi atendido pelo Samu está fora de perigo.
Ninguém da Transnordestina Logística, dona da linha férrea e do veículo de cargas, foi encontrado para comentar o acidente.
Acidentes na linha férrea
No dia 2 de setembro, um acidente envolvendo um ônibus coletivo e o metrô deixou três pessoas feridas no cruzamento das avenidas Rui Barbosa e Miguel Rosa, na Zona Norte de Teresina, que fica próximo ao Cemitério São José.
Em abril deste ano, um motociclista teve o braço esquerdo esmagado ao ser atropelado pelo metrô de Teresina quando trafegava por uma passagem de nível na Rua Amélia Rodrigues, bairro Renascença, Zona Sudeste da capital. Testemunhas relataram que o jovem não percebeu a aproximação do metrô ao passar pelo local.

reportagem. Willame Policarpo

acesse e acompanhe o blog do Willame policarpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário