segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Estuprador foragido tem cabeça, braço e pênis cortados e jogados no rio Grajaú

Joseon foi mutilado possivelmente por vingança
Um crime bárbaro foi registrado na cidade de Grajaú, interior do Maranhão neste fim de semana.
O corpo de um homem identificado como Joseon Alves Barros, conhecido como “Siri” foi encontrado pela polícia, após denúncias de populares, nas águas do rio Grajaú.
Joseon era foragido da Justiça e havia fugido da delegacia da cidade onde respondia por vários crimes, inclusive por estupro. O corpo dele foi encontrado sem cabeça e com braço e pênis mutilados. O assassinato de “Siri” provavelmente foi motivado por vingança ao crime de estupro cometido por ele em Grajaú.
A Polícia Civil do Maranhão investiga o caso.



fonte. blog do Minard.
reportagem. Willame Policarpo

acesse e acompanhe o blog do Willame policarpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário