quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Polícia evita linchamento e já tem pistas do suspeito do estupro e morte de uma menor de 6 anos, em Urbanos Santos.


Investigações feitas pela Polícia Civil apontam para um nome de um homem de Urbanos Santos, morador do povoado Queimadas, como principal suspeito do estupro e morte da menor Maysa Moreno, de seis anos, em Urbano Santo.
Os policiais montaram uma mega operação que envolveu até helicóptero do GTA para deslocar à outra cidade (Chapadinhas) quatro pessoas que estavam depondo na delegacia de Urbano Santo, não como suspeito, mas moradores da proximidade do matagal onde o corpo da criança foi encontrado agonizando, com vestígios de estupro.
A população de Urbano Santo rumou com toda fúria para a delegacia e queria fazer Justiça com as próprias mãos, tentando incendiar a delegacia. Ainda tocaram fogo no Fórum de Justiça e fizeram quebra quebra no Centro Administrativo.
O GTA conseguiu retirar os depoentes e levá-los para Chapadinhas. Mas as investigações miram para um homem que estava bebendo em um bar próximo da residência da menor.


reportagem. Willame Policarpo

acesse e acompanhe o blog do Willame policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário