sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Preso na Lava Jato, banqueiro André Esteves é o 13º mais rico do Brasil


Foi preso nesta quarta-feira (25) o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual. Segundo a revista “Forbes” , o banqueiro figura entre uma lista de bilionários, sendo considerado o 13º mais rico do Brasil, com uma fortuna estimada em R$9,07 bilhões. No ranking da riqueza internacional, o banqueiro aparece em 628º lugar.

O BTG Pactual é um banco de investimentos e administrador de fundos e de fortunas. O banco tem participação em empresas do ramo financeiro, como o Pan-Americano e o banco suíço BSI, e em companhias de outros ramos, como a Eneva, antiga MPX de Eike Batista, a montadora Mitsubishi Motors do Brasil e a Sete Brasil, criada em 2010 para fornecer 28 sondas para o pré-sal.

 Após a prisão do presidente do banco, o  BTG Pactual lançou uma nota onde diz estar  “à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos e vai colaborar com as investigações” . O advogado de Esteves, Antônio Carlos de Almeida Castro, negou que seu cliente tenha  tentado  obstruir as investigações.

9º mais rico também está preso

Outro preso na Operação Lava Jato aparece na lista da “Forbes”. Considerado o 9° mais rico, Marcelo Odebrecht ocupa uma das celas do Complexo Médico-Penal do Paraná, que fica em Pinhais, município da região metropolitana de Curitiba. Marcelo possui uma fortuna estimada em R$ 13,1 bilhões.

Foi preso em 19 de junho, junto com outros dez executivos da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, na 14ª fase da operação Lava Jato, que investiga desvios de dinheiro da Petrobras.

Marcelo Odebrecht teve seu pedido de liberdade negado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), no fim de outubro. Além dele, foram negados os pedidos de mais três executivos da empreiteira investigados na operação. Marcelo, Cesar Ramos Rocha, Márcio Faria da Silva e Rogério Santos de Araújo estão presos no Paraná denunciados por lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção ativa no esquema envolvendo contratos com a Petrobras.

reportagem. Willame Policarpo

acesse e acompanhe o blog do Willame policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário