sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Em crise, prefeituras do Maranhão cancelam carnaval.


downloadA cada dia surgem notícias de diversas prefeituras maranhenses que estão optando por cancelarem o carnaval deste ano, seguindo uma forte tendência de outros estados. A crise financeira brasileira e a consequência queda nos repasses do Governo Federal são os principais motivos apontados.
Em Coelho Neto, o prefeito Soliney Silva decidiu cancelar a festa para poder com o dinheiro, regularizar o pagamento dos servidores. Em Matões e Pedreiras, o dinheiro será aplicado na saúde.
São João do Sóter também é outra cidade onde a prefeitura não realizará a folia de momo. Em muitas outras onde haverá festa, os investimentos serão reduzidos. Vale lembrar que em média, 4 dias de carnaval custam aos cofres públicos cerca de 400 mil reais.
Um investimento que diga-se de passagem, gera pouquíssimo retorno.


reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário