quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Paruá ou Sede? De onde sairão os melhores pré-candidatos à vice nas eleições de 2016 em SLP?


Diferente das eleições de 2012, as eleições municipais deste ano ainda não trazem aqueles bem falados nomes de pré-candidatos à vice que realmente possam vir a somar com os demais nomes que postulam a vaga de prefeito em nossa cidade, seja na situação ou na oposição.
Os olhares ainda pouco interessados dos pré-candidatos a prefeitos e suas lideranças partidárias, por enquanto, fixam-se em duas direções, ao Distrito do Paruá (onde a cidade nasceu) e a alguns dos mais bem aclamados pelo gosto popular que moram na Sede Municipal e também são pré-candidatos à prefeitos (as).
 
A força eleitoral do Distrito do Paruá se justifica, pois além de ser a segunda área com maior número de eleitores do município por incluir outros povoados de suas adjacências sob a sua direta influência, é também um lugar onde costuma minar representantes de enorme peso político para qualquer pré-candidato que prese pelo bom êxito no certame. Prova disso é de que desde o ano de 1982 (quando o município ainda pertencia a Turiaçu), a localidade sempre elegeu vereadores. Ademais, nas três últimas campanhas luzienses, aconteceram as inéditas eleições de vice-prefeitos e também de vereadores! Continuado sob esta tendência, o vice-prefeito Dez Anos (que se diz pré-candidato na majoritária) continua sendo um dos nomes mais bem cogitados para a assumir vaga de vice na opinião de muitos; mas ao lado dele, outros nomes já começam a emergir com este perfil de “Vice do Paruá”, a citar como exemplo temos o ex-vereador Vanger, o ex-vice-prefeito João Garimpeiro, o Martins e o Antônio Filadélfia (empresários), entre outros. 
Indo na contramão a este padrão de valorização ao Distrito Paruá (inaugurado com o ex-prefeito Nilton nas eleições de 2004), há lideranças que encontram apenas no mosaico partidário, a possível fonte de “fortalecimento” de uma pré-candidatura a qual poderá sair mesmo da Sede. “Deverá ser aquele cuja força popular e as experiências estão comprovadas em qualquer avaliação imparcial levantada entre amigos e isso independe de ser ou não do Paruá”, justificou recentemente um dos mais fiéis usuários de nossa página. O ex-prefeito Riod ou sua filha Márcia estão entre os mais citados neste sentido, embora eles sustentem o posicionamento de levar até o fim a pré-candidatura de prefeito (a).
 
A incógnita (por enquanto secundária) sobre quem serão os melhores pré-candidatos a vice de 2016 em Santa Luzia do Paruá não durará por muito tempo! Logo estará entre os temas mais especulados entre os apaixonados por nossa política local!
O que faz um Vice-prefeito?
O vice-prefeito é o segundo na hierarquia do Executivo municipal. Caso o prefeito precise se ausentar por motivo de viagem ou licença, ou tenha o mandato cassado, ele assume as funções do titular. Enquanto o prefeito está em exercício o vice deve auxiliar na administração, discutindo e definindo em conjunto as melhorias para o município.


reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário