segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

PM do Maranhão forma turma que atuará no combate aos assaltos a bancos.


Mais uma turma do Curso de Operações e Sobrevivência em Áreas Rurais (Cosar) foi formada para atuar no combate a ações criminosas em todo estado, como assaltos a bancos e explosões de caixas eletrônicos. Os policiais que concluíram o Cosar receberam capacitação durante 40 dias. Ao todo 16 profissionais de segurança pública concluíram a capacitação, sendo 15 do Maranhão (14 policiais militares e um civil). Eles reforçarão as rondas ostensivas com base em mapeamento de demandas. Um policial militar do Piauí também participou do curso. 

Esta é a segunda edição do Cosar. A primeira, realizada em abril de 2015, formou 22 policiais, sendo cinco do Piauí. O Cosar faz parte de um projeto do Sistema de Segurança Pública do governo Flávio Dino com o objetivo de combater, de forma objetiva, clara e técnica os grupos criminosos que tem como modalidade de crime ações contra instituições financeiras em áreas rurais e urbanas do Estado do Maranhão. O projeto de criação de bases do Cosar em três pontos estratégicos do interior estado, nas regiões Tocantina e Baixada Maranhense e o terceiro no município de Presidente Dutra. Estes locais, coincidem com os de instalação de bases do Centro Tático Aéreo do Maranhão (CTA).

No período de aprendizado, os policiais receberam instrução de Operações Ribeiras, nas quais aprenderam a pilotar embarcações. Eles tiveram aulas de rapel e tirolesa, tiro tático, Combate de Ambiente Confinado (SQB), técnica de abordagem, tiro pessoal, ações antibomba, operações policiais especiais, invasões táticas com explosivos, primeiros socorros, patrulha e antiterrorismo. As aulas aconteceram nos municípios de Estreito, Carolina, Imperatriz e em São Luís. 

Novos armamentos

Aliado à qualificação, o Governo do estado tem investido na aquisição de armamento especial, recomposição de efetivo, entre outras ações a fim de barrar este tipo de prática criminosa. Estão sendo adquiridas mais 300 novas viaturas que vêm equipadas com a mais modernas tecnologias e 100 novas motocicletas. 

Presentes a cerimônia de formatura, o diretor de Ensino da PMMA, coronel Antônio Roberto dos Santos Silva; o pró-reitor de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Porfírio Guerra, além de coronéis, familiares e praças da PMMA e representantes do Exército.


reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário