quarta-feira, 27 de abril de 2016

ACÚMULO DE LIXO ÀS MARGENS DO RIO BALSAS GERA RECLAMAÇÕES NO MA


Falta de infraestrutura e o acúmulo de sujeira é motivo de reclamação.
Situação que se repete nas pontes que ligam o centro aos bairros da cidade.




O período de veraneio se aproxima, mas nas margens do Rio Balsas, principal ponto turístico do município de Balsas, a 810 km de São Luís, a situação pode espantar visitantes desavisados.  No local, a falta de infraestrutura e o acúmulo de sujeira é motivo de reclamação.
Moradores comentam que o problema no local não  é recente. "Beira-Rio daqui, até onde eu conheço é assim. Suja e cheia de mato", reclama a dona de casa Maria Félix.
Além da área próxima ao rio, as pontes que ligam o centro da cidade a vários bairros está com a infraestrutura comprometida. Em um outro ponto turístico de Balsas, a Ponte de Madeira, muitos motociclistas e pedestres dividem o pouco espaço, um perigo para ambos.
Tábuas soltas, buracos e pregos mal colocados são percebidos na ponte e podem facilmente causar acidentes. A tela de proteção que foi colocada é ineficiente e não oferece segurança às pessoas que passam. "Isso aí é realmente arriscado. Complicado para quem passa por aqui, principalmente as crianças", conta a auxiliar de Serviços Gerais, Maria Deusa da Silva.
A assessoria de comunicação da prefeitura de Balsas informou que a limpeza da Beira-Rio será feita nos próximos dias, assim que terminar o trabalho nas praças. Sobre a Ponte de Madeira, a prefeitura informou que a recuperação será feita ainda este semestre.


reportagem. Willame Policarpo


Nenhum comentário:

Postar um comentário