sexta-feira, 29 de abril de 2016

Governo federal repassou mais de R$ 7,5 milhões para a Educação em Bom Jardim.


O Município de Bom Jardim mais uma vez ganhou destaque nacional. A repercussão negativa desta vez foi devido à precariedade das unidades de ensino e a péssima educação ofertada no Município, conforme divulgada em Blogs.

O cenário chocante revolto muito mais, tendo em vista, que o Município recebeu do governo federal a quantia de R$ 7.668.401,82 (sete milhões, seiscentos e sessenta e oito mil, quatro centos e um reais e oitenta e dois centavos) exclusivamente para a educação, conforme dados do Portal da Transparência.

Só do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) foram R$ 7.560.967,84 (sete milhões, quinhentos e sessenta mil, novecentos e sessenta e sete reais e oitenta e quatro centavos).

Os outros R$ 107.433,98 (cento e sete mil, quatrocentos e trinta e três reais e noventa e oito centavos) são provenientes de programas que dão suporte à alfabetização e à educação de jovens e adultos, à alimentação (PNAE) e ao transporte escolar na educação básica (PNATE). Diante dos valores expostos, aumenta a indignação e a revolta.

Ficam as indagações: se os valores foram transferidos, porque não foram aplicados na sua finalidade? Onde foram parar as verbas federais que deveriam fomentar a educação básica no Município de Bom Jardim? Porque a prefeita Malrinete, diante de tantas irregularidades, continua ocupando o cargo de chefe do executivo municipal de Bom Jardim?


reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário