segunda-feira, 11 de abril de 2016

Mulher é presa após sacar R$ 295 mil com documentos falsos no Maranhão



Uma mulher identificada como Telma Lúcia Silva Aguiar, 45 anos, foi presa por estelionato e uso de documentos falsos nesta sexta-feira (8), em São Luís. De acordo com a Polícia Civil, ela é suspeita de integrar uma quadrilha com atuação em todo o país e que usam recursos tecnológicos sofisticados capazes de detectar dados bancários até por Bluetooth.
Telma AguiarTelma chegou à capital maranhense no dia 30 de março, um dia depois realizou dois saques fraudulentos e no dia 5 de abril fez mais um, totalizando R$ 295 mil que foram sacados e depositados em contas de laranjas em Manaus, cidade natal da suspeita. Imagens dos circuitos de segurança do banco confirmaram a presença dela nos momentos dos saques.
Segundo a polícia, ela estava hospedada em um hotel da cidade em companhia de um comparsa que conseguiu fugir. O dinheiro roubado foi sacado e depositado em contas em nomes de “laranjas” na cidade de Manaus (AM).
A estelionatária foi autuada por uso de documentos falsos e estelionato tentado. Ela possui duas identidades emitidas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (AM) com dados divergentes.
A suspeita estava com duas identidades emitidas pela SSP-AM com dados divergentes
A suspeita estava com duas identidades emitidas pela SSP-AM com dados divergentes


reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário