segunda-feira, 30 de maio de 2016

MARANHÃO MENTIU À JUSTIÇA ELEITORAL SOBRE CAMPANHA DE 2010, DIZ JORNAL

Deputado disse que vendeu casa para doar a campanha, segundo 'O Globo'.
Defesa confirmou que parlamentar é dono da casa; deputado não comentou.



O presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), mentiu à Justiça Eleitoral em processo que investiga as contas da campanha dele para deputado federal em 2010, segundo informou reportagem publicada neste domingo (29) no jornal “O Globo”.

De acordo com a publicação, Maranhão teria dito que usou dinheiro da venda de uma casa para fazer a doação para si mesmo durante a campanha. O negócio, no entanto, nunca foi efetivado e o deputado ainda mora no imóvel.

De acordo com o jornal, Maranhão informou à Justiça Eleitoral ter doado para si mesmo R$ 557,6 mi para explicar os recursos arrecadados para a campanha de 2010. Em processo aberto para apurar possíveis irregularidades na prestação de contas, o parlamentar afirmou que vendeu uma casa em São Luís. No entanto, conforme informou a reportagem, o parlamentar continua morando no imóvel, que está registrado no nome de Maranhão e da mulher dele.
A assessoria de imprensa do parlamentar informou que Maranhão não vai comentar o caso.

reportagem. Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário