quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Michel Temer: da presente de Natal à classe de Trabalhadores.

Nesse exato momento, agora de manhã cedo, o golpista Michel Temer – assessorado pelo PMDB, PSDB e Democratas – está reunido com a imprensa brasileira para anunciar mais um ataque à classe trabalhadora: uma minirreforma trabalhista.
Justamente às vésperas do Natal, uma época de confraternização universal, esses usurpadores anunciam mais um golpe contra os trabalhadores.

Dentre vários absurdos, possíveis e imagináveis, Temer está oficializando o negociado prevalecer sobre legislado. Ou seja, a lei não vale mais nada. Ele é claro quando disse que poderá alterar o período de férias, diminuir o valor da gratificação de férias, diminuir o valor do FGTS e uma série de outras indecências.
E, para passar um melzinho na boca dos trabalhadores, ele anuncia um saque do FGTS no valor entre R$ 1 mil e R$ 1.5 mil para os trabalhadores que têm contas inativas. O problema com as contas inativas é que atendem a trabalhadores fora do mercado de trabalho.

É mais um absurdo patrocinado por esse golpista que, hoje, só tem 8% de apoio popular, que precisa ser posto para fora do Palácio Planalto e, desta forma, parar de fazer mal à classe trabalhadora.

Nesse momento, é fundamental uma mobilização geral contra esta traição.












Deputado CHICO VIGILANTE, PT-DF

REPORTAGEM  WILLAME  POLICARPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário