quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Falta de respeito com a natureza.

Já não é de hoje que construções irregulares em toda a parte do município de Santa Luzia do Paruá comprometem leitos de rios, igarapés e córregos. A abertura do loteamento Pinheirense e a construção de uma casa às margens do igarapé tracuá, é a prova maior da falta de respeito com o meio ambiente.

O que se observa nestes dois empreendimentos, é uma falta de planejamento e de conhecimento sobre as leis ambientas. Desviaram o curso natural do igarapé, estreitando e afunilando a passagem da água, trazendo sérios problemas, como: enchentes, extinção de peixes e plantas, e como consequência maior o assoreamento.

O IBAMA que é o órgão responsável por coibir, legislar e aplicar as leis referentes ao meio ambiente deverá autuar e punir os responsáveis contra essas práticas comuns no município.

VEJA IMAGENS:








REPORTAGEM: WILLAME POLICARPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário