quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Presidente da Abracrim não aceita procedimentos de acesso ao Presídio de Pedrinhas.

Depois de concordar com todos os procedimentos de acesso ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, como representante da OAB-MA no Conselho Penitenciário, na gestão de Mário Macieira, o presidente da Abracrim, Erivelton Lago, agora tem se manifestado contrário. Antes, ele aceitava os procedimentos de segurança a serem implantados com a instalação da portaria unificada.



Já na gestão atual da OAB-MA, o advogado, que também é presidente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Maranhão, juntamente com o Sindicato dos Advogados do Maranhão organizou uma visita ao Complexo Penitenciário de São Luís para checar in loco o tratamento dado ao advogado para entrarem no complexo.
No mínimo contraditório, o posicionamento do representante da OAB-MA, indicado na gestão de Mário Macieira, que se juntou ao Sindicato, depois de concordar com os procedimentos. É válido lembrar que o acesso de advogados passando por equipamentos é comum em quase todo o território nacional. A fragilidade do sistema prisional requer essas medidas de segurança.
Ao que parece tudo indica a criação de um problema para vender solução e culpar a Ordem.
FONTE: Blog do Luis Cardoso Acompanhe também pelo Twitter™ e pelo Facebook.


REPORTAGEM  WILLAME  POLICARPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário