segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Senado vai votar a liberação ou não das vaquejadas.

Senado Federal votará nesta semana lei que estabelece que as práticas das vaquejadas e rodeios são culturais e não cruéis aos animais. Confira um trecho abaixo sobre o assunto na postagem do G1:

Para esta semana, está prevista a votação no Senado da PEC que estabelece: “Não são cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, desde que sejam manifestações culturais”. Essa proposta busca viabilizar a vaquejada e o rodeio.
Em Outubro do ano passado, o STF derrubou uma lei do Ceará que regulamentava esse tipo de prática por entender que a atividade impõe sofrimento aos animais e fere os princípios constitucionais de preservação do meio ambiente.

Na vaquejada, um boi é solto em uma pista e dois vaqueiros, montados em cavalos, tentam derrubar o animal pelo rabo.
Diante da decisão do Supremo, o Congresso aprovou, um mês depois, uma lei que torna a vaquejada manifestação cultural nacional e patrimônio cultural imaterial. Ainda em novembro de 2016, o presidente Michel Temer sancionou a lei.

Portanto, se o Congresso aprovar a PEC, a vaquejada e o rodeio estarão assegurados pela Constituição.
REPORTAGEM  WILLAME  POLICARPO.
FONTE: Blog do Luis Cardoso Acompanhe também pelo Twitter™ e pelo Facebook.


Nenhum comentário:

Postar um comentário