sexta-feira, 16 de junho de 2017

De Volta Para a minha terra

           
 Nos últimos dias retornaram a Santa Luzia do Paruá, alguns objetos ou instrumentos de trabalhos desaparecidos da nossa cidade e que por muitos tempos permaneçam muito distantes da nossa cidade, e dos quais ninguém tinha notícias ou sequer acreditavam em suas existências, isto é, o povão o verdadeiro dono de todo patrimônio público do município nem desconfiava.

Pois eis que de repente alguns carros ou veículos que antes já tinham feito parte da frota deste município e que sem nenhuma explicação tinham desaparecido ou tomado rumo ignorado, pelo menos pela maioria das pessoas da nossa população voltam a aparecer.
           
O acaso, o lapso fortuito ou o lance de sorte, nos presenteou com algumas preciosidades surrupiadas do nosso convívio e que estavam no pátio de algumas oficinas esperando o pagamento dos concertos dos respectivos veículos para serem postos a serviço da nossa sociedade e por falta de liquidação das dividas contraídas no concerto ou reparo dos mesmos e que agora graças a liquidação dos débitos irão fazer parte da nossa frota de automóveis.

                        Foi necessário que um governo responsável e comprometido com o nosso município, com o patrimônio,  e com o nosso povo se instalasse em nosso meio para que esses instrumentos de trabalho do município e do nosso povo voltassem ao nosso convívio que é de fato o local de onde nunca deveriam ter saído e agora sim estarão a nosso serviço.

                        O Esconderijo ou o sumidouro desses objetos do patrimônio público do nosso município era sem dúvida uma oficina em São Luís, onde os mesmos foram ali colocados para fins de concerto e nunca mais o procuraram para pagarem os concertos e retirarem os veículos, pois os mesmos só serviriam ao município e ao seu povo e este não era o objetivo do governo de plantão. Ao governo de plantão o dinheiro era mais útil e os veículos só serviriam ao município e ao seu povo.

                        A administração atual do nosso município anda a procura de outros bens e ou instrumentos que pelos mesmos motivos ou até por outros foram subtraídos do nosso convívio sem a devida informação e que tanta falta já nos fizeram e ainda nos fazem e que somente nos trouxe mais sofrimentos.





REPORTAGEM  WILLAME  POLICARPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário