quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Brutal: Bandidos cortam língua de manicure, degolam e enviam fotos para a família.

Familiares da manicure Sandra Silva de Souza, 35, registraram boletim de ocorrência informando o desaparecimento da jovem que não é vista desde o último domingo (27). Eles informaram para a polícia que receberam mensagens no celular com fotografias do corpo de uma mulher morta com a língua cortada e a cabeça quase decepada. A mesma coisa já ocorreu com outro jovem 34 dias atrás, que desapareceu e enviaram fotos a familiares. 




O corpo na foto está com uma camiseta similar a usada pela jovem desaparecida na última imagem em que ela postou em rede social. O corpo ainda não foi encontrado.

Apesar disso, a Polícia Civil de Roraima ainda não confirmou que se trata da jovem e disse que as buscas por ela estão sendo feitas. 
"Desde a notícia do desaparecimento as equipe da Delegacia-Geral de Homicídios (DGH) e do Núcleo de investigação de pessoas desaparecidas (NIPD) vem investigando o fato e realizando buscas" disse a polícia.

Sandra tem três filhos menores e é casada com Darlus Barreto, que é integrante de uma facção criminosa que está preso na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

A Folha apurou que a linha de investigação preliminar, em andamento na DGH, é de execução, cujos responsáveis seriam integrantes de facções criminosas que atuam dentro e fora dos presídios de Roraima.

Uma amiga da vítima, em conversa com a reportagem, contou que os familiares estão desesperados com a situação. "Eles disseram para a família que maltrataram muito ela. Mandaram fotos e vídeos, cortaram a língua dela e o pescoço. A família está desesperada, pois ninguém sabe onde está o corpo"



REPORTAGEM  WILLAME POLICARPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário