quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Operação conjunta das policias Civil em Militar prende seis suspeitos de planejar roubo ao Banco do Brasil de São Bento.



Após denúncia de grande repercussão nas redes sociais, dando conta de um suposto plano de roubo ao Banco do Brasil da cidade de São Bento/MA, as polícias Civil e Militar, em sintonia com o Ministério Público local, engendraram diversas ações em prol da segurança no município.
Inicialmente, interrogou-se a Sra. Adenilde Pinheiro Rodrigues “Nilde” da farmácia do trabalhador, assim como o “Léo” (Leandro Silva de Andrade), sendo este natural do estado de Alagoas e que morava ultimamente em SP, inclusive onde cumpriu pena por sequestro. Ambos negaram participação na empreitada criminosa sob investigação.
Em seguida, a autoridade policial representou pela busca e apreensão, com manifestação favorável do Promotor de Justiça e deferimento do magistrado, em quatro alvos, após relatório do serviço de inteligência:  – Residência da MARIA FERNANDA (prima da Nilde), bairro Vila Nova; – Residência situada no bairro Tupy, onde se encontrou WARLLESSON RODRIGUES SOUZA, apenado por crime de roubo e respondendo por homicídio perante a 4 vara da Júri na capital, sendo advindo do município de São Vicente Ferrer, além de DOUGLAS SANTOS RODRIGUES, o qual está com tornozeleira eletrônica e responde por dois crimes de roubo em São Luís/MA; – Residência da rua João Alves, 260, Centro, recentemente alugada por ALEXANDRE VIEIRA LIMA, ANDERSON VIEIRA BOIA, JOSÉ ANTÔNIO DA SILVA e PEDRO PAULO VIEIRA, todos do estado de Alagoas, os quais se apresentaram na cidade para trabalharem com vigilância noturna, sem CNPJ, sendo encontrados na aludida residência coturno, capas de colete, velcos, documentação suspeita, fotografias em celular ostentando quantias em dinheiro etc.
Por fim, cumpriu-se mandado de busca e apreensão na residência do DÊNIS, filho de TONICO, por ser o local denunciado como ponto de venda de drogas. A qualquer momento mais conduções e/ou prisões poderão ocorrer. Caso a população tenha informações importantes podem ligar ou mandar mensagem pelo aplicativo WhatsApp para o número 99907-2028.


Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário