sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Santa Luzia do Paruá : A policia militar de Presidente Medice coloca suspeito atras das grades por furto de moto



Por volta das 21:00 do dia  05/10/2017, o proprietário do Veículo moto HONDA CB300 VERMELHA, DE PLACA NWU-3637 PIO XII (veículo este que havia sido furtado por JONAS DA SILVA LIMA durante as festividades de comemoração de aniversário na cidade de Santa Luzia do Paruá) ,nos procurou aqui na Cidade de Presidente Médici ,para divulgar um vídeo que mostrava a ação do momento em que sua moto foi furtada.


E que também ele já estava com algumas informações que sua moto estava na cidade de Maracaçumé, e também que o elemento que A subtraiu  retornaria à Santa Luzia do Paruá  em um carro de modelo CLASSIC  durante a madrugada , no intuito de diminuir a probabilidade de ser abordado e reconhecido pela Polícia .

Após estas  informações ficamos de prontidão na entrada da cidade ,no afinco de abordar todos os carros que tivesse as características da qual nos foi informado , de forma que por volta das 00:10 HRS do dia 06/10/2017 recebemos uma ligação da vítima, informando-nos  que a pessoa que subtraiu sua moto estava vindo do município de Maranhãozinho em direção à Presidente Médici ( pois ele estava o seguindo) em  um carro de modelo Prisma de Placa NHO-7084 ,fizemos uma campana e logo o abordamos e o  recolhemos como a pessoa que aparecia na Filmagem que o proprietário havia nos passado.

O elemento assumiu a autoria do feito, e que após alguns questionamentos ele nos informou e nos levou onde havia escondido a moto (em uma casa no município de Maracaçumé) Diante  do reconhecimento do elemento e autoria do crime e recuperação do veículo , logo nos dirigimos para a delegacia Delegacia de polícia civil para apresentar o " JONAS" E serem tomadas as providências cabíveis . Veículos Utilizados.



VTR: Ford ranger VP-17-100,
*Conduzido:JONAS DA SILVA LIMA

  *Proprietário(a)*Wilme Cruz Silva

Guarnição PM:  
Sgt PM JOAN
Sd PM AMISSON
Sd PM GARDILSON

Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário