quarta-feira, 11 de abril de 2018

Juíza nega pedido para visitas de políticos a Lula na PF, em Curitiba.





A Justiça negou, nesta terça-feira (10), a visita de uma comitiva de governadores ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Superintendência da Polícia Federal desde a noite do último sábado (7). Governadores chegaram ao prédio da Polícia Federal por volta das 14h40 e ficaram reunidos por quase uma hora com a cúpula da Polícia Federal, mas foram proibidos de se encontrar com o ex-presidente.
Veja os políticos que tiveram o pedido negado:

·        Governador do Acre - Tião Viana
·        Governador de Alagoas - Renan Filho
·        Governador do Amapá - Waldez Góes
·        Governador da Bahia - Rui Costa
·        Governador do Ceará - Camilo Santana
·        Governador do Maranhão - Flávio Dino
·        Governador da Paraíba - Ricardo Coutinho
·        Governador de Pernambuco - Paulo Câmara
·        Governador do Piauí -Wellington Dias
·        Governador do Rio Grande do Norte - Robinson Faria
·        Governador de Sergipe - Belivaldo Chagas
·        Senador Lindbergh Farias
·        Senadora Gleisi Hoffmann
·        Márcio Costa Macedo - vice-presidente do PT
·        Angelo Vanhoni - ex-deputado federal

Alguns dos governadores da lista já estavam na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, acompanhados por assessores, na expectativa de que a Justiça liberaria a visita.

No entendimento do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), a Justiça Federal descumpriu a Lei de Execução Penal ao impedir a visita de hoje. Dino considerou a decisão equivocada e injusta. A verdade é que a prepotência do governador do Maranhão segue se mostrando visível quando este assume a defesa do ex-presidente Lula, agindo até mesmo em desacordo com a justiça que tanto jurou zelar enquanto ocupava o cargo de juiz federal. Mais uma vez passou vergonha!




REPORTAGEM WILLAME POLICARPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário