RÁDIO TROPICAL FM 89,3

terça-feira, 7 de maio de 2019

Famem recomenda à prefeitos contratação de advogado preso na Lava Jato


A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), emitiu uma recomendação onde pede a contratação de um escritório de advocacia que tem como dono um investigado pela Lava Jato.
A Recomendação nº 27/2019 foi assinada pelo coordenador jurídico da FAMEM, advogado Guilherme Antônio, e destinada às Prefeituras associadas ao órgão. O documento foi publicado pelo Blog do Maldine Vieira.
O documento mostra interesse do órgão pra que os prefeitos contratem, por meio de inexigibilidade de licitação, o escritório de advocacia Aragão e Tomaz Advogados Associados, que tem como dono o ex-advogado da JBS, Willer Tomaz de Souza, preso na Operação Patmos, da PF, no dia 18 de maio de 2017 em um hotel de luxo localizado na Ponta da Areia, em São Luís.
Ainda de acordo com a Famem, a indicação do Aragão e Tomaz Advogados Associados se dá pelo fato de que nenhum outro escritório de advocacia preencheu os requisitos legais desejados pela entidade, que busca conseguir a condenação da União Federal e, assim, receber o repasse correto dos valores devidos ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).



Reportagem:Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário