RÁDIO TROPICAL FM 89,3

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Empresário ameaça encher a namorada de bala e acaba na cadeia, em São Luís

Wellington Lima Bacelar foi preso preventivamente nesta quarta-feira (21). De acordo com a polícia, ele não aceitava o fim do relacionamento com a vítima. ‘Na hora que eu te encontrar vou te encher de balas’, ameaçou o empresário preso pela PM.

Mensagens divulgadas pela Polícia Militar mostram as ameaças que uma jovem recebia do ex-namorado, o empresário Wellington Lima Bacelar, que foi preso, preventivamente, na Casa da Mulher Brasileira na quarta-feira (21), em São Luís. As informações são do G1.

De acordo com a delegada da Mulher, Kazumi Tanaka, Wellington não aceitava o fim do relacionamento e, desde o início da semana, a jovem começou a receber uma série de ameaças. Em uma das mensagens, Wellington envia a ela a foto de uma pistola calibre .40 que segundo ele, seria usada para matar a jovem.

“Uma hora eu te encontro e te mostro, enquanto eu não me vingar de tudo que você me fez de ruim eu não vou sossegar. Você é uma vagabunda, mentirosa e eu vou te executar”, diz Wellington em uma das mensagens.

Em outra mensagem, Wellington ameaça a vítima e membros da família dela e afirma que irá se vingar da jovem ‘custe o que custar’.

“Hoje eu te pego, desgraça! Eu tenho ódio de ti, eu tenho ódio de ti, eu te odeio! Hoje eu te pego ou pego qualquer um dá tua família, hoje eu me vingo de custe o que custar! Eu sei que vou perder minha vida hoje também, porque eu não vou me entregar, a polícia não vai me pegar porque na hora que eu te pegar ou matar alguém de ti, eu me mato também mas hoje eu me livro de ti! Hoje tu vai saber o preço da sacanagem que tu fez comigo, desgraça!”, disse em áudio.

Em outra mensagem enviada pela vítima, ela pede ao ex-namorado para ele parar com as ameaças e diz que nunca fez nada de errado com ele, diferente do que ele havia feito a ela. “Pra que isso? Pra que criar esse ódio? Para de loucura”, diz a jovem.

Segundo a delegada, o empresário já tinha uma medida protetiva por agressão e lesão corporal movida pela ex-namorada. Após ser preso por policiais da Patrulha Maria da Penha, o empresário foi autuado por posse e munição de arma de fogo.



Vejas as mensagens ameaçadoras do empresário:




Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário