RÁDIO TROPICAL FM 89,3

http://cantador.app:9160/live

quinta-feira, 5 de março de 2020

OPERAÇÃO REALIZADA PELA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO MARANHÃO EM SANTA LUZIA DO PARUÁ/MA RESULTA NA PRISÃO DE DUAS PESSOAS E COLETA DE VÁRIAS PROVAS.


Nas primeiras horas da manhã de hoje (05/03/2020) a Delegacia de Polícia Civil de Santa Luzia do Paruá/MA, pertencente à 8ª Delegacia Regional de Zé Doca/MA, realizou operação em que foram cumpridos quatro mandados de buscas e apreensão domiciliar.


Com a finalidade inicial de apreender cartões bancários, de benefícios previdenciários e de programas sociais (Bolsa Família), que eram retidos indevidamente por comerciantes, como forma de garantia de dívidas, além das notícias de condutas que podem configurar crime contra a economia popular (usura).



Ainda segundo as investigações, há suspeita de que alguns dos cartões que estavam na posse dos alvos, são de pessoas que já faleceram, o que pode configurar estelionato contra a previdência.



Durante as buscas na residência de um dos alvos, foram encontrados e apreendidos 68 cartões com as respectivas senhas de acesso anotadas, sendo a sua imensa maioria da população indígenas (etnia kaapor), bem como uma pistola calibre 380, municiada com 07 munições, um revólver calibre 38, com 06 munições e uma espingarda cartucheira municiada com 05 cartuchos.



Também foram apreendidos  documentos pessoais, extratos bancários e aparelhos celulares, a fim de captar provas das transações ilegais. No aparelho celular de um dos alvos, constam vídeos em que o mesmo exibe muito dinheiro em um banco de um carro e em tom de deboche fala com um interlocutor, se queixando da crise financeira.


Dois dos alvos da operação, sendo pai e filho, foram autuados em flagrante delito pelo cometimento dos crimes de PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO PERMITIDO e pelos crimes de RETENÇÃO DE CARTÕES DE BENEFÍCIOS DE IDOSOS E CRIME CONTRA AS RELAÇÕES DE CONSUMO.


A Operação, coordenada pelo Delegado Raimundo Batalha contou com a participação das Delegacias de Santa Luzia do Paruá, Maracaçumé, Governador Nunes Freire e da Regional Zé Doca.



Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário