RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

terça-feira, 3 de março de 2020

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE MATAR HOMEM NA ZONA RURAL DE PRESIDENTE MÉDICI NA QUARTA-FEIRA


Ação rápida e eficaz das polícias Civil de Santa Luzia do Paruá e Militar de Maranhãozinho, resultou na prisão de um homem de 21 anos, apontado como autor de um crime de homicídio praticado contra a vítima de Arnaldo Martim Silva, conhecido por “Ceará”, no dia 26.02.2020 (quarta-feira de cinzas) no povoado Três Mil, zona rural de Presidente Médici.


De acordo com as informações colhidas pela nossa reportagem, após o crime as forças policiais da região empreenderam diligências visando à identificação e localização do autor. Com base nas informações apuradas, a guarnição da PMMA de Maranhão diligenciou até o local do ocorrido, onde conseguiu localizar o sujeito apontado como suspeito, que se encontrava na posse da arma de uma espingarda, a qual se constatou depois, fora a mesma usada na praticada delitiva.

Nos levantamentos subsequentes, o apontado autor confessou a informação de que possuía um revólver e que o mesmo se encontrava escondido no quintal da sua casa. 

As equipes policiais diligenciaram ao local e com a ajuda do próprio indivíduo, o revólver foi encontrado enterrado no quintal de sua casa, revestido em um saco plástico. Por conta do achado da arma, o indivíduo recebeu voz de prisão e foi conduzido ao plantão regional de Zé Doca, onde foi apresentado e autuado pela posse ilegal de arma de fogo. 

Em seu interrogatório policial o apontado indivíduo - que teve seu nome preservado, por cautela, em atendimento às novas regras da Lei de Abuso de Autoridade – confessou a prática do homicídio, mas alegou que o praticou sem intenção, por conta de um alegado disparo acidental, quando o gatilho da espingarda teria engatado em sua bermuda e disparado, atingindo à região torácica da vítima, de quem se disse amigo. 

Contudo, ao ser encontrada, a vítima apresentava perfurações por arma branca. Sobre estas, o homem preso justificou-se dizendo que após a vítima ser atingida pelo disparo, esta reagiu afirmando que se escapasse com vida iria se vingar, com o que então, o autor se apoderou de um facão e com este desferiu golpes que acabaram por ceifar de vez a vida da vítima.

A nossa reportagem apurou que o crime de homicídio já se encontra em apuração na Delegacia de Santa Luzia do Paruá e que outras versões sobre as circunstâncias e motivações estão sendo apuradas. O corpo da vítima foi trasladado por familiares para o Estado do Piauí, onde moram seus familiares.


Reportagem : Willame Policarpo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário