RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Justiça do Paraguai determina prisão domiciliar para Ronaldinho Gaúcho


Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto de Assis vão seguir presos no Paraguai, mas agora em prisão domiciliar.
Ontem terça-feira (07), após um mês da detenção do astro em Assunção, o juiz Gustavo Amarilla decidiu mudar o regime de reclusão do brasileiro, que agora ficará em um hotel da cidade.
O veredicto que “relaxou” a condição de Ronaldinho foi tomada em audiência em que a defesa do ex-atleta apresentou o pagamento de fiança de US$ 1,6 milhão (aproximadamente R$ 8,3 milhões). Além disso, os advogados Sergio Queiroz e Adolfo Marin indicaram que ele e Assis vão ficar no Hotel Palmaroga.
Com a documentação do pagamento da fiança e da hospedagem, o juiz optou por permitir que os brasileiros fiquem em prisão domiciliar enquanto aguardam a sequência das investigações e o julgamento, embora o Ministério Público defendesse que ambos seguissem detidos, pois, soltos, poderiam atrapalhar as investigações.
A conclusão da perícia em seus celulares ainda não foi divulgada.
Reportagem : Willame Policarpo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário