RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 25 de maio de 2020

SANTA LUZIA DO PARUÁ: POLÍCIA CIVIL ADVERTE POPULAÇÃO CONTRA A PRÁTICA DE FRAUDES NA PANDEMIA.

Entrega de Viaturas foto Gilson Teixeira3 – Maranhão de Todos Nós
A Polícia Civil do Maranhão, através da Delegacia de Santa Luzia do Paruá, vem emitindo alertas, recomendações e adotando ações contra a prática de fraudes durante o período da pandemia do Coronavírus. De acordo com os históricos de registros de ocorrência da Polícia Civil, todo período de crise é um momento para ações de espertalhões. Nestes dias por esta cidade ao menos três notícias de fraudes foram identificadas pelas Polícia Civil e Militar e foram debeladas antes que pudessem causar estragos a pessoa de boa-fé.

A primeira delas foi o caso de uma mulher de um dos povoados do município, que de acordo com as notícias chegadas à Polícia, estava cobrando a quantia de até R$ 100,00 (cem reais) para fazer o cadastro do Auxílio Emergencial. Neste caso não havia propriamente uma fraude, mas um desrespeitoso abuso. 

Outra fraude que se constatou muito na primeira fase do pagamento do Auxílio Emergencial, foi o desvio do recurso para conta de terceiros não autorizados, o que se constitui em crime. A Polícia também conseguiu evitar alguns prejuízos.

Uma segunda fraude constatada na região e objeto de Boletim de Ocorrência foi a situação de um bando de três pessoas, dois homens e uma mulher, se passando falsamente por Agentes de Saúde. 

O bando fazia o uso de veículo de cor vermelha, marca/modelo não identificados e uma vez no interior das residências para falso atendimento de saúde pedia os documentos pessoais dos supostos atendidos. Com os documentos vinham os cartões bancárias e senhas que quase sempre são guardados em anotações, tudo junto. 

O bando aproveitava do descuido da vítima e subtraía os cartões. Depois vem o estrago, com compras e empréstimos falsos. A Polícia esclarece que esses fraudadores têm como ser identificadas e as contas usadas nas operações são perfeitamente rastreadas, mas reconhece que a recuperação do prejuízo é mais difícil. Por isso, a melhor prática é o cuidado e seguir a orientação da Polícia, que  é a mais básica de sempre. “NUNCA ENTREGUE SEU CARTÃO, SEUS DOCUMENTOS E MENOS AINDA A SUA SENHA PARA PESSOAS ESTRANHAS”. E em qualquer suspeita, chame a Polícia. Muitas vezes, só a advertência de que vai chamar a Polícia, já afugenta o fraudador. 

Finalmente um terceiro golpe esteve em curso durante todo o final de semana passada, mas foi debelada em tempo pela ação rápida e eficaz da Polícia Militar. 

Dois fraudadores da cidade de Pindaré já conhecido da Polícia daquela cidade, onde já estiveram presos por fraudes, estiveram hospedados em um hotel da cidade onde passaram a receber curriculuns e cópia de documentos de dezenas de pessoas, com falsas promessas de empregos para supostos serviços que seriam realizados na cidade. 

Um dos sujeitos chegou a ser preso e com ele foram recuperados e tirados de circuito ao menos 08 curriculuns e seus documentos pessoais correspondentes. Uma vez na posse de tais documentos e informações, os golpes iam passar acontecer em larga escala, com grandes prejuízos para as vítimas, ponderou uma fonte da Polícia. 

Com certeza as informações recebidas pelos golpistas iriam resultar em cadastros de auxílios falsos, empréstimos falsos, cartões de créditos e compras falsas em nome das vítimas. Mais uma vez a Polícia Civil alerta: “JAMAIS FORNEÇA SEUS DADOS PESSOAIS, SEUS DOCUMENTOS E INFORMAÇÕES PARA ESTRANHOS. NUNCA FAÇA ISSO SEM TER UM CONHECIMENTO MÍNIMO DE QUEM SEJA TAL PESSOA. PROCURE ANTES DISSO, PROCURAR SE CERTIFICAR COM AS AUTORIDADE, QUEM SÃO AS PESSOAS, SE SÃO EXISTENTES OS SERVIÇOS PROMETIDOS E OUTRAS INFORMAÇÕES BÁSICAS”. 

No caso em questão, nenhum dos serviços que serviram de isca para a coleta dos curriculuns estão com previsão de realização na cidade.


fonte. policia civil - delegado Dr Batalha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário