RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Garimpos - o avanço ilegal em terras indígenas

Ministério da Defesa anunciou na ultima sexta-feira (7) a retomada das ações de combate a crimes ambientais na terra indígena Munduruku, no Pará.

 

A interrupção foi anunciada na quinta-feira (6), um dia após o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ter visitado a região e ter sido alvo de protestos. O grupo que fez o ato chegou a impedir a decolagem de um avião e um helicóptero.

 

Na nota divulgada nesta sexta, o Ministério da Defesa informou que a suspensão das operações por um dia atendeu a pedidos dos próprios indígenas da região.

 

Maior terra indígena do Brasil, TI Yanomami sofre com 25 mil ...


"O Ministério da Defesa (MD) informa que já foi autorizado, na ultima sexta-feira (7/8), o reinício das operações nas terras indígenas Munduruku, no âmbito da Operação Verde Brasil 2.

 

As operações haviam sido temporariamente suspensas, por um dia, na quinta-feira (6/8), atendendo à solicitação dos indígenas, para permitir avaliação de resultados e a realização de encontro de representantes dos indígenas com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), em Brasília", informou a pasta.

 

Ainda de acordo com o ministério, representantes dos indígenas Munduruku estiveram em Brasília e foram recebidos no Ministério do Meio Ambiente, onde "apresentaram seus pleitos e preocupações".

 

Povo Yanomami solicita apoio do governo para combater maior ...


Explorar a riqueza da terra

 

Pela manhã, na sexta-feira, o vice-presidente Hamilton Mourão comentou a suspensão da operação.

Disse que "não adianta tapar o Sol com a peneira" porque os indígenas têm o "direito de explorar a riqueza que tem na terra".

 

"Eles sabem que tem ouro lá. Nós temos que parar de tapar o sol com a peneira e entender que o indígena tem que ter o direito de explorar a riqueza que tem na terra dele dentro dos ditames da nossa legislação, a partir daí, ele terá acesso às benfeitorias, ao progresso material da humanidade", afirmou Mourão.

 

Depois do anúncio da retomada, Mourão voltou a comentar a operação. "A operação foi suspensa exatamente por causa que os indígenas. Eles fizeram um protesto lá.

 

Vieram aqui para conversar com o ministro.

 

E, a partir do momento que conversaram com o ministro, ela [operação] foi liberada para prosseguir. Ela foi suspensa no dia, só", declarou o vice-presidente.

 

Reportagem : Willame Policarpo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário