RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Mãe e filho são presos suspeitos de assassinarem idoso no interior do Maranhão

O crime aconteceu no dia 14 de outubro. A vítima é Edmilson Monteiro da Silva, de 64 anos, que foi encontrado morto dentro da casa onde morava sozinho, na cidade de Zé Doca.

A Polícia Civil do Maranhão prendeu mãe e filho suspeitos de terem assassinado um idoso a golpes de faca na cidade de Zé Doca, a 302 km de São Luís.

O crime aconteceu no dia 14 de outubro, Edmilson Monteiro da Silva de 64 anos, foi encontrado morto dentro da casa onde morava sozinho.

Segundo a polícia, os primeiros depoimentos levaram a desconfiar que se tratava de um de latrocínio, o roubo seguido de morte.

“O que nos chamou atenção, foi o fato de que a maioria dos populares, que conheciam a vítima, sabiam que ele estava para fazer um empréstimo bancário e estava para resgatar esse dinheiro no banco. Então já ficamos atentos para um possível crime de latrocínio, mas ainda não tínhamos muitos elementos”, afirmou a delegada do caso, Letícia Paiva.

Ainda segundo a delegada, no decorrer das investigações a polícia descobriu que os suspeitos tinham sido contratados pelo idoso para fazer um trabalho de curandeirismo.

“Na cena do crime nós vimos, notoriamente, que ao lado do corpo da vítima estavam sobrepostas, em formas de cruz, duas facas. E os chinelos da vítima também estavam sobrepostos na mesma direção das facas”, detalhou a delegada.

Em seguida a polícia teve informações de que os suspeitos haviam alugado uma casa em Zé Doca, onde passaram uma temporada, mas sumiram da cidade logo após o crime.

Durante uma revista na casa os investigadores encontraram documentos dos suspeitos, que foram fundamentais para concluir que os dois estavam em São Luís.

A Justiça concedeu o pedido de prisão preventiva e uma equipe da delegacia de Zé Doca conseguiu capturar mãe e filho no bairro Maracanã, em São Luís.

Segundo a delegada, inicialmente eles negaram o fato, mas depois o homem confessou que teria praticado o crime.

Ainda segundo Letícia Paiva, na ficha criminal do suspeito consta que ele era foragido da justiça e já havia sido condenado por roubo.

Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário