RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Santa Luzia do Paruá não é cidade fora da Lei! Candidato do 22 desrespeita a justiça e é condenado a pagar R$ 50,00 MIL de multa.

O candidato do grupo 22 além de ser acusado de incentivo a desordem e a incitação ao confronto por parte dos membros do grupo, agora tem mais um problema sério para se preocupar. 

Confiante na impunidade da justiça, o candidato resolveu desobedecer a ordem judicial do juiz da Comarca de Santa Luzia do Paruá e realizar seu evento político marcado para a sexta-feira.

Após ter recebido a notificação, o candidato e os coordenadores do 22 fizeram questão de avisar que não obedeceriam o juiz e que o evento seria sim realizado.

O resultado da afronta a justiça veio e o juiz do TRE responsável por julgar a ação que solicitava mandato de segurança ao grupo foi indeferida de forma que a decisão anterior do juiz eleitoral não foi derrubada. 

Agora além da multa, o autoritarismo do candidato Vilson Ferraz pode complicar ainda mais sua situação, já que agora também pode ter que responder criminalmente por desrespeitar uma ordem judicial. 

A situação não é isolada, já que após desacatar a ordem judicial, o grupo do Vaqueirinho ainda tentou se utilizar de um evento da Igreja Católica de Santa Luzia do Paruá para fazer politicagem.

Quem desrespeita a justiça e a religião, termina mostrando ao povo que não tem respeito por ninguém.

Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário