RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Amazonas registras 30 mortes de pacientes transferidos a outros estados

 Ao menos 30 pacientes morreram após serem transferidos de hospitais do Amazonas a unidades de saúde de outros estados, no âmbito da “operação de guerra”, iniciada em 15 de janeiro, depois de o sistema de saúde do estado entrar em colapso.

Até a noite da última quinta (4), 511 pacientes foram transportados a outras unidades federativas (UFs).

Desses, 503 tinham covid-19, e oito, câncer. A informação é da Secretaria de Saúde do Amazonas (Sesam). O número é bem maior (aumento de 117,4%) do que o previsto inicialmente.

Na primeira transferência de pacientes em aviões da Força Área Brasileira (FAB), o governo do Amazonas informou que 235 pessoas seriam levadas a outras UFs.

De acordo com dados do Ministério da Defesa, a FAB já realizou 53 voos para remoção de pacientes, em um total de 1.280 horas.

A operação, que conta com o apoio do governo federal, foi deflagrada após hospitais do Amazonas não terem mais oxigênio suficiente para tratar os pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, em meio ao aumento do número de hospitalizações – o que afetou também internados portadores de outras doenças.

Apesar das cinco centenas de pacientes transferidos, no entanto, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 continua alta. Dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) indicam que, hoje, 93,4% dessas vagas estão ocupadas.

 

GRUPO OPERAÇÃO POLICIAL

Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário