RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Bolsonaro foi à casa de Sarney pedir apoio do MDB

 

Em um compromisso fora da agenda, o presidente Jair Bolsonaro foi até a residência do ex-presidente José Sarney em Brasília na última terça-feira (27), mesmo dia em que a CPI da pandemia estava sendo instalada no Senado. 


O encontro durou cerca de uma hora e apenas Bolsonaro e Sarney participaram, informa o UOL. 


Bolsonaro e José Sarney estavam afastados. O ex-presidente tem feito críticas duras ao governo federal em seus artigos semanais no jornal O Estado do Maranhão, de sua propriedade. 


Em recente entrevista, a filha, ex-governadora Roseana Sarney chegou a dizer que há a possibilidade de uma candidatura alternativa a Bolsonaro, uma espécie de terceira via. 


Na próxima semana quem visitará o ex-poligarca maranhense é o ex-presidente Lula. Os dois sempre foram muitos próximos, desde quando Sarney, presidente do Senado, deu governabilidade ao governo petista, impedindo um impeachment àquela época 


No episódio dos atos secretos em que Sarney nomeou parentes no Congresso, Lula disse que Sarney tem história no Brasil suficiente para que não fosse tratado como se fosse uma pessoa comum. Diante da candidatura de Lula em 2022, o PT busca uma reaproximação com o MDB. 



A reunião de Bolsonaro e Sarney teve como um dos articuladores o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), que aconselhou o presidente a buscar uma aproximação maior com o MDB. 


“O presidente Sarney é uma figura muito querida pelas lideranças do MDB. É uma referência no nosso partido e poderá ajudar muito a melhorar a interlocutores do governo com os nossos líderes no congresso”, disse à coluna. 


Segundo Bezerra, tanto Bolsonaro como o ex-presidente Sarney saíram da conversa com uma boa impressão. “O presidente Bolsonaro me falou que a conversa foi muito franca e amistosa e o presidente Sarney também achou muito positiva”, disse. 


Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário