RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Manifestantes protestam contra Bolsonaro de norte a sul do Brasil

As manifestações de sábado contra o presidente Bolsonaro representaram duas derrotas para o governo, um problema para a oposição e um alerta para estado de direito e democrático. 


As derrotas 


A primeira derrota para o governo é que a extrema direita perdeu o monopólio das ruas. A pandemia sempre jogou favor de Bolsonaro.


Há um ano ele estimula seus seguidores a sair de casa e defender teses contra a democracia, como intervenção militar, sem se preocupar com as acusações de promover aglomerações e desestimular o uso da máscara. 


Aliás, isso faz parte do figurino do governo que defende a tese de quanto mais gente contaminada, e mais rapidamente, melhor para a economia. A tal imunidade de rebanho. 


A segunda má notícia é que o bolsonarismo perdeu eficiência nas redes sociais em comparação ao que conseguiu fazer, por exemplo, com o ato "Ele, não", em setembro de 2018, véspera das eleições, considerada a maior manifestação de mulheres na história do país.


As redes sociais de apoio ao presidente abusaram das fake news, usaram vídeos antigos para passar a ideia de quem era contra Bolsonaro defendia Sodoma e Gomorra. Conseguiram ressignificar o protesto como sendo uma manifestação contra a família e os bons costumes. Conseguiram. No sábado não foi assim. A milícia digital bolsonarista está menos efetiva. 


Informações : CNN 


Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário