RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

sexta-feira, 4 de junho de 2021

Nota de Esclarecimento do Ex Prefeito Plácido Holanda Aos Educadores e Sindicatos do Município de Santa Luzia do Paruá Sobre uma Nota Divulgada Ontem à Tarde Pela Atual Gestão!

Em resposta ao informativo divulgado pela Prefeitura Municipal de Santa Luzia do Paruá/MA, sobre um déficit sofrido na conta do FUNDEB no valor de R$ 703.121,47 referente ao ajuste realizado pelo FUNDEB, apontando como principal motivo: " Correção de repasse em detrimento do baixo número de alunos matriculados, deixado pela ex gestão".  


NOTA DIVULGADA PELA PREFEITURA     


                 

Informamos que: 

 

O ocorrido foi devido a pandemia da COVID-19 que nos surpreendeu com a suspensão das aulas presenciais em março de 2020, onde tínhamos realizado apenas 2 semanas de aulas. Por esse motivo alguns pais de alunos se recusaram a realizar a matrícula de seus filhos, alegando a ausência das aulas.  


Mesmo assim, nossa gestão não cruzou os braços, realizando a Busca Ativa Escolar, onde conseguimos atingir a meta esperada e matricular 84 alunos que estavam fora da escola), conseguindo resgatar 98 alunos. 

 

Outro fator importante foi que, mais uma vez por causa da pandemia, o Programa Educa Mais Santa Luzia (programa de iniciativa do município criado pela nossa gestão), não teve muita efetividade em 2020. 

 

Já no ano de 2019, realizamos atividades complementares em 14 escolas do município, aumentando a carga horária de permanência (de 4 para 7 horas diárias), dos alunos na escola, onde o município, através desse programa, conseguiu um aumento de quase 2 milhões de reais anual.  


Mas por causa da Pandemia, no ano de 2020, não foram realizadas as atividades complementares pelo fato de não ter havido aula presencial.  


Referido programa foi muito atuante em 2019 e, sendo assim, nos ajudou nos recursos de 2020. 


Já os repasses 2021 sofrerão redução por causa da suspensão das aulas em 2020. 

 

Ademais, não seríamos irresponsáveis de informar no Censo Escolar, informações que não aconteceram. 


Muitos gestores inseriram dados falsos no sistema, mas nossa gestão trabalhou com dados reais e transparência.  


Diante desses fatos perguntamos: 


Será que apenas Santa Luzia do Paruá teve redução nos seus repasses? 


Será que a culpa foi da gestão passada por ter informado dados reais? 


Será que a pandemia, em nenhum momento, foi o fato predominante para a redução dos alunos e consequentemente do repasse? 


 E, por fim, 


 Até quando essa gestão vai ficar colocando a culpa na gestão passada por seus problemas, ao invés de trabalhar e buscar alternativas para a solução dos problemas de Santa Luzia do Paruá.


Informações : Eric Polêmico 


Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário