RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

terça-feira, 13 de julho de 2021

Fake News sobre compra de EPIs é desmentida por Carlos Lula


Desde de fevereiro, o Tribunal de Contas da União (TCU) considerou improcedente a denúncia sobre contratação emergencial de empresa para aquisição de Equipamentos de proteção Individual – EPI.  


Ontem segunda-feira (12), o secretário estadual da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, usou sua conta no Twitter para combater a propagação de Fake News sobre a suposta compra superfaturada de EPIs pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). 


“Só é possível combater o falso com o verdadeiro, meus amigos. Hoje diversos blogs publicaram falsa notícia sobre uma suposta compra superfaturada de EPIs pela SES. Vamos deixar as coisas bem transparentes”, disse Carlos Lula. 


O secretário Carlos Lula disse que “O TCU já havia considerado a “denúncia” improcedente e arquivou o processo por reconhecer a legalidade da compra e inexistência de qualquer tipo superfaturamento. Pelo contrário, reconheceu que a compra foi mais econômica”, afirma. 


No Twitter, o gestor exibiu a decisão do TCU e o pedido de arquivamento da denúncia. “Surpreende a enxurrada de ‘matérias’ de um assunto encerrado em fevereiro ser capa no dia hoje. Haveria interesses outros por trás de tais matérias? Bem, é preciso mais responsabilidade ao soltar notícias como essa. Seguimos colhendo bons frutos do nosso trabalho! Quem é de isopor que se esfarele”, adverte. 


Confira a decisão do TCU 



Reportagem : Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário