RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Clientes da Equatorial Energia poderão pagar contas de luz por meio do PIX


Medida valerá para os estados do Maranhão, Piauí, Pará e Alagoas; pagamento poderá ser feito através de QR Code impresso na conta e terá compensação em poucos minutos. 

 

Os clientes do Grupo Equatorial Energia poderão pagar seus boletos através do PIX.  


A partir desta segunda-feira (20), os consumidores das distribuidoras do grupo nos estados do Maranhão, Pará, Piauí e Alagoas já poderão usar o PIX Equatorial para pagar suas contas sem sair de casa, a qualquer hora do dia, nos sete dias da semana, inclusive feriados. 


“Segurança, agilidade e praticidade são algumas vantagens que o PIX Equatorial traz para os nossos clientes. A iniciativa é uma forma de facilitar o dia a dia dos consumidores”. 


“Que poderão pagar as suas contas de luz com o celular, em qualquer lugar e a qualquer momento, evitando deslocamentos e filas”, ressalta Jean Gama, Gerente Corporativo de Cobrança do Grupo Equatorial Energia”. 


O pagamento poderá ser feito através de um QR Code disposto na frente da conta de energia – tanto na conta impressa, como na fatura por e-mail.  


O consumidor precisará entrar no aplicativo do banco onde tem a chave PIX cadastrada, apontar a câmera do celular para o QR Code e realizar a transação, que será compensada em alguns minutos.

 

“A agilidade da compensação é outra vantagem do PIX. Clientes na iminência de sofrer uma suspensão no fornecimento por falta de pagamento, por exemplo, poderão regularizar a sua situação em poucos minutos, de forma rápida e prática”, explica o gerente da Equatorial. 


Além do QR Code para o pagamento com o PIX Equatorial, as faturas continuarão disponibilizando o código de barras e a linha debitável, oferecendo ao todo, três opções para que o cliente possa pagar a conta. 


É importante lembrar que o PIX é um sistema de transações do Banco Central, que permite a realização de operações entre bancos de forma gratuita, instantânea e todos os dias da semana. 


Reportagem: Willame Policarpo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário