RÁDIO TROPICAL FM 89,3

https://cantador.app:9160/live

quarta-feira, 13 de outubro de 2021

Caso confirmado de raiva humana é investigado em Chapadinha


Criança de dois anos sofreu agressão de um animal silvestre, no povoado de Santa Rita, segundo Relatório Preliminar de Testagem. 


O Governo do Estado informou que montou uma força tarefa para fazer o controle da raiva no município de Chapadinha, após o registro, confirmado laboratorialmente, de caso em uma criança de dois anos. 


O menino sofreu agressão de um animal silvestre, no povoado de Santa Rita, segundo Relatório Preliminar de Testagem, Monitoramento e Investigação do caso do Centro de Informação Estratégica de Vigilância em Saúde do Estado do Maranhão (CIEVS/MA). 


Fazem parte da força tarefa as equipes técnicas da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para que atuem dentro de suas competências no controle e prevenção da raiva. 


Na última sexta-feira (08), uma equipe da AGED/MA participou de reunião com representantes da SES para definir as estratégias de atuação. 


À tarde, os fiscais da AGED/MA se deslocaram ao povoado Santa Rita para fazer a rastreabilidade, a investigação epidemiológica e a busca ativa de casos suspeitos de doença nervosa em animais. 


O caso foi confirmado no dia 6 de outubro, pelo Instituto Pasteur, e é o primeiro registrado no Maranhão nos últimos oito anos. 


Sobre a raiva e atuação da AGED/MA 


A raiva é uma doença aguda do sistema nervoso central, que pode acometer todos os mamíferos, inclusive os seres humanos, caracterizada por uma encefalomielite viral e 100% letal, a partir do aparecimento dos sintomas. 


É considerada uma doença importante pelas grandes perdas econômicas causadas pela morte de animais e seres humanos. Possui ciclos relacionados à saúde única, que envolve seres humanos, os animais e o meio ambiente. 


Qualquer agressão de animal em humanos, doméstico ou silvestre deve ser comunicada a SES, assim como mordida de morcegos em animais herbívoros sejam relatadas à AGED/MA para realização do controle e prevenção da doença.


Reportagem: Willame Policarpo

Nenhum comentário:

Postar um comentário